pixel facebook

Benchmarking: saiba escolher seu alvo

Benchmarking: saiba escolher seu alvo

Benchmarking: saiba escolher seu alvo

Certamente você já deve ter parado para pensar: como estou me saindo em relação à concorrência? Esse é um questionamento muito comum e que deve ser feito continuamente para promover novos aprendizados e identificar possíveis melhorias. Assim, não importa o tamanho da sua empresa. Fazer uma análise aprofundada sobre as melhores práticas do mercado é fundamental para melhorar seus resultados.

É aí que entra o benchmarking, bastante usado por equipes de comunicação e marketing de grandes empresas no diagnóstico preliminar ao realizar um planejamento de Marketing. Nada mais é do que escolher e analisar ações eficazes de empresas que sirvam de padrão comparativo para sua própria empresa ou concorrentes, com o objetivo de encontrar iniciativas que possam melhorar a visibilidade e posicionamento da sua marca.

Aprenda com os erros e acertos dos outros

Sabe aquele ditado que diz: “A grama do vizinho é sempre mais verde?” Certamente podemos responder: tudo depende do seu ponto de vista, das suas necessidades e expectativas. Nem tudo que a concorrência faz é bom para o seu negócio. O benchmarking é uma ferramenta eficiente para promover insights e oferecer a possibilidade de corrigir o que não está funcionando. O mais importante é usar os dados obtidos no monitoramento, para criar ações efetivas e alcançar o objetivo do seu negócio.

Seja crítico e analise profundamente todas as frentes digitais dos seus concorrentes ou empresas admiradas: redes sociais, sites, hotsites, e-mails marketing, blogs, design, textos, linguagem, experiência de navegação, usabilidade, ações de marketing, popularidade, relacionamento, parcerias e tudo que possa servir de referência positiva e negativa.

A competitividade do mercado exige que o benchmarking seja um processo contínuo. Quem está disposto a trabalhar com esse tipo de análise passa a ter uma visão mais estratégica, identificando melhor as oportunidades de crescimento. Vai muito além de entrar no Google e acompanhar as redes sociais de grandes empresas.

Lembre-se: inspirar não é copiar. Procure uma forma de ser diferente e chamar a atenção do seu público-alvo no ambiente online. Aprenda com seus erros e, principalmente, com seus acertos. Por isso, utilize os insights colhidos com inteligência, respeitando a cultura da sua empresa.

Quer montar uma estratégia de marketing para sua empresa? Entre em contato conosco! Vamos adorar conhecer você.

Leia também: O que é engajamento e como ele pode ajudar sua marca?