pixel facebook

Estratégia Digital

Muitas pessoas recorrem ao Google questionando o que são personas. Personas são uma representação fictícia do cliente ideal de determinada empresa, baseada em dados reais sobre comportamento — que abrangem histórias pessoais, motivações, objetivos, desafios e preocupações —, assim como características demográficas dos clientes. Pode-se dizer que buyer persona é um conceito estendido de público-alvo, criado por Alan Cooper, com o intuito de otimizar, segmentar e definir o público-alvo da empresa, guiando a criação de conteúdo e o marketing digital. Definindo sua persona Uma boa construção de persona se baseia na investigação do público-alvo da empresa. Já em uma rápida análise é possível identificar aspectos comuns entre os seus potenciais compradores. Contudo, o ideal é que exista uma base de clientes. Essa base para ser usada como fonte para a investigação e construção da persona. Mesmo que existam perfis diferentes de clientes que consumiram o seu produto, algumas características comuns devem ser recorrentes e podem ser usadas para exemplificar sua persona. Também é importante focar em clientes satisfeitos e insatisfeitos na hora de analisar sua base, pois, em ambos os casos, há a chance de aprender mais sobre a percepção do seu produto ou serviço e quais os desafios que seus clientes estão enfrentando. Qual...

Até alguns anos atrás, o profissional de marketing tinha à sua disposição uma quantidade limitada de canais para relacionar-se com o público, com a ideia da comunicação de massa que tinha como objetivo alcançar o máximo de pessoas com uma única mensagem. Nesse contexto, o antigo modelo do funil de vendas era controlado pelo time comercial de uma empresa e a área de marketing cuidava somente do topo do funil. Mas sabemos que atualmente o cenário é outro. Com a expansão do marketing digital e o surgimento de novas metodologias como Inbound Marketing e Marketing de Conteúdo, o marketing adquiriu novas frentes de atuação, tornando-se possível direcionar ações para públicos cada vez mais específicos e atingindo-os em momentos em que a mensagem será mais eficiente. Assim, o antigo funil de vendas passou a se chamar funil de marketing por muitos estudiosos e profissionais do ramo. A seguir, explicaremos o que é o funil de marketing, quais são suas ramificações e como ele funciona como estratégia. Definindo o funil de marketing O funil de marketing é um conceito que representa o percurso da audiência do primeiro contato com a sua empresa até a compra. Em alguns casos, também contempla a interação no pós-venda. Esse modelo...

Canais de marketing digital são os caminhos utilizados em uma estratégia para buscar determinado objetivo. Primeiramente, é importante entender como funciona uma estratégia para entender como usar os canais. Objetivo do Marketing Digital Imagine que seu objetivo seja aumentar as vendas de seu e-commerce. Você deve então traçar suas metas e definir seus KPI's. Defini-se então que é preciso aumentar as visitas em 50%. A partir disso, o que fazer? Você deve traçar ações de nível tático para buscar esses visitantes adicionais. Canais de Marketing Digital no Google Analytics O relatório de aquisição do Google Analytics traz alguns exemplos de canais. Já falamos disso aqui. A seguir: Direct  - ou Tráfego Direto Organic Search - Tráfego Orgânico Social - Tráfego vindo das redes sociais, como Facebook e Instagram E-mail - Tráfego gerado por ações de e-mail Marketing Referral  - Tráfego gerado a partir de links em outros sites, ou de referência Paid Search  - Vindo de links patrocinado Other - Outros canais Ainda há outros canais, como Rede de Afiliados. Mas são menos frequentes para a maioria dos usuários. Essa lista de canais do Google Analytics pode servir como base para sua estratégia, pois agrupa os caminhos em grandes grupos. Mas voltando ao exemplo prático,...

Certamente você já deve ter parado para pensar: como estou me saindo em relação à concorrência? Esse é um questionamento muito comum e que deve ser feito continuamente para promover novos aprendizados e identificar possíveis melhorias. Assim, não importa o tamanho da sua empresa. Fazer uma análise aprofundada sobre as melhores práticas do mercado é fundamental para melhorar seus resultados. É aí que entra o benchmarking, bastante usado por equipes de comunicação e marketing de grandes empresas no diagnóstico preliminar ao realizar um planejamento de Marketing. Nada mais é do que escolher e analisar ações eficazes de empresas que sirvam de padrão comparativo para sua própria empresa ou concorrentes, com o objetivo de encontrar iniciativas que possam melhorar a visibilidade e posicionamento da sua marca. Aprenda com os erros e acertos dos outros Sabe aquele ditado que diz: “A grama do vizinho é sempre mais verde?” Certamente podemos responder: tudo depende do seu ponto de vista, das suas necessidades e expectativas. Nem tudo que a concorrência faz é bom para o seu negócio. O benchmarking é uma ferramenta eficiente para promover insights e oferecer a possibilidade de corrigir o que não está funcionando. O mais importante é usar os dados obtidos no monitoramento,...

Você já se perguntou porque usar o Linkedin para sua empresa? Primeiramente, sua empresa já possui uma Company Page no LinkedIn? Essa é a maior rede profissional do mundo, com mais de 562 milhões de usuários em 200 países e territórios. No Brasil, o número de usuários já ultrapassou os 40 milhões, o que representa uma grande oportunidade de gerar valores. Por isso, torna-se crucial obter dados importantes sobre seu público-alvo, criar proximidade. Certamente também para divulgar sua empresa, seus produtos e vagas de emprego. Ao seguir uma empresa no LinkedIn, o usuário pode visualizar suas atualizações diretamente no feed de notícias da sua página inicial. Como você usa o LinkedIn? Cuidado para não confundir o propósito do LinkedIn com outras redes sociais, como o Facebook e Instagram, que são focadas em entretenimento. O foco do LinkedIn é negócio, ou seja, compartilhar experiências profissionais, encontrar leads, divulgar sua empresa e conectar-se com outros profissionais. Seu público deve ser educado para entender que sua empresa tem diferenciais e é referência de credibilidade no mercado. Por isso, é possível gerar maior engajamento e intensificar o fluxo de negócios. E como fazer isso? Através de um perfil completo, atualizado e de conteúdos relevantes. Publicações e reconhecimento...

Para uma boa estratégia de palavras-chave, os profissionais de marketing certamente precisam estar sempre antenados com as últimas novidades do mercado para alcançar resultados cada vez melhores em um cenário tão competitivo. Assim, quando o assunto é marketing digital e SEO, algumas das maiores mudanças estão na forma como as pessoas buscam e interagem com os conteúdos e em como o buscador lê e seleciona esses conteúdos. É aí que entra o diferencial de saber trabalhar com palavras-chave. Criar uma estratégia de palavras-chave é uma ótima maneira de organizar suas atividades de marketing de pesquisa. Certamente ela inclui palavras-chave de foco e palavras-chave de cauda longa relacionadas aos clusters (grupos), incluindo também um plano de conteúdo e ações para atingir esses objetivos. Entenda seu público-alvo A primeira coisa - e talvez a mais importante - é entender seu público-alvo. Que frases e terminologias as pessoas estão usando? Para isso, você precisa conversar com seu público, pesquisar por hashtags e termos relacionados ao seu negócio. Assim, o próximo passo é escolher uma ferramenta para acompanhar seu site e rastrear as palavras-chave ao longo do tempo. Analise e acompanhe os resultados Comece a adicionar palavras-chave para acompanhar e analisar os resultados - cerca de 50 a 100...

O Inbound Marketing B2B, garante que seu público-alvo encontre seu conteúdo durante o estágio de pesquisa. Primeiramente, você precisará adotar uma estratégia abrangente de Marketing Digital voltada especialmente para atender suas necessidades e desejos. Portanto, confira abaixo algumas dicas para você começar a usar hoje mesmo o Inbound Marketing B2B para gerar leads qualificados e transformá-los em "evangelistas" da marca. Identifique as personas - O primeiro passo para uma campanha eficiente de Inbound Marketing B2B Primordialmente, para que o Inbound Marketing B2B seja eficaz, ele precisa ser adaptado às necessidades e interesses do seu público-alvo. Portanto, conheça seus principais compradores, os desafios que eles enfrentam e entenda como as soluções da sua empresa podem ajudar. A partir daí, identifique que tipo de conteúdo eles acham útil e relevante. Atenção às Palavras-chave Uma estratégia de palavras-chave bem definida é importante para o sucesso do Inbound Marketing B2B. Por isso, se você não está segmentando as palavras-chave que os leads estão pesquisando, eles não terão acesso aos seus conteúdos e nem à sua empresa. Publicações regulares Para atrair leads, sua empresa precisa estar posicionada como uma autoridade que possa atender suas necessidades. E, principalmente, resolver seus problemas. Procure ser uma fonte de educação para esse público-alvo e use seu...

Analisar os resultados de campanhas digitais é tão importante quanto fazer os anúncios. Certamente é possível melhorar processos, fluxos de trabalho e fazer ações mais assertivas com base nas informações obtidas em relatórios. Assim, é a partir deles que você verifica os pontos positivos e pontos a melhorar, o alcance de uma ação, quantos usuários visitaram o site, o número de interações, conversão de vendas, etc. O mais interessante é que essas análises podem ser feitas enquanto as campanhas digitais estiverem no ar, podendo ser alteradas para obter melhores resultados. As empresas que gerenciam com eficiência esse conhecimento passam a se diferenciar no mercado competitivo. É praticamente impossível ter campanhas digitais 100% efetivas, mas ter KPIs (indicadores de performance) bem definidos é o segredo para saber exatamente o que precisa ser medido, além de comparar os resultados de campanhas digitais em relação aos períodos anteriores para obter insights na hora de buscar novas ações. Separamos 05 dicas para você começar hoje mesmo a mensurar os resultados de campanhas digitais da sua empresa. 1. Avalie o número de leads e a taxa de conversão de tráfego Análises semanais, quinzenais ou mensais certamente podem ajudar a identificar os obstáculos que prejudicam sua taxa de conversão de...

Conhecer e entender as necessidades, desejos, interesses e hábitos de consumo do seu público-alvo é uma importante vantagem no mercado competitivo e ajuda a orientar suas ações de marketing e vendas, para assim, conquistar novos clientes e fidelizar os que já existem. A jornada de compra nada mais é do que acompanhar o passo a passo e entender o estágio de compra do seu lead - do primeiro contato até a conversão da venda. Ela impacta positivamente nas vendas de uma empresa devido à quantidade de informações geradas sobre os clientes, podendo envolver diversas estratégias: automação de marketing, experiência do cliente, marketing de conteúdo, onboarding entre outras. O processo de compra é realizado em quatro etapas principais: 1ª Aprendizado e descoberta: o consumidor ainda não tem ou não sabe que possui a necessidade de um produto ou serviço. 2ª Reconhecimento do problema: o consumidor reconhece que possui um problema ou uma necessidade. 3ª Consideração: o consumidor realiza pesquisas de comparação para achar soluções para o seu problema ou necessidade. 4ª Decisão e compra: após analisar as opções disponíveis no mercado, o consumidor toma a decisão e realiza a compra. Por isso, quanto mais próximo ao final das etapas, mais qualificado e preparado seu lead estará para realizar a compra. Portanto, o...

Já não é novidade para ninguém que as empresas devem monitorar o que as pessoas falam de sua marca no ambiente online. Certamente, assim como garantir a atualização do site e de seus perfis nas redes sociais. Essas são as estratégias básicas de engajamento para conhecer melhor seu público-alvo, gerar mais tráfego para o site e vender mais. Engajamento é o envolvimento, relacionamento e interação dos usuários com a marca. Vai além do famoso "curtir", "compartilhar" e "comentar" do Facebook. É difícil e requer trabalho ser diferente e encantar o público nos dias atuais. Não existe fórmula mágica para isso. O que existe são estratégias capazes de tornar o processo mais simples. Vamos explicar com mais detalhes. O que você está fazendo é bom, mas pode ficar ainda melhor! Ofereça aos consumidores conteúdos de qualidade, exclusivos, originais e com abordagens customizadas para cada plataforma. Seu público-alvo precisa compreender o posicionamento da marca através da voz e tom de voz. O Facebook entrega cerca de 1% das publicações de forma orgânica para os usuários, ou seja, invista em campanhas segmentadas por público para atingir mais pessoas. Por isso, as campanhas atraem visibilidade para a marca, conquistam novos fãs e geram conversões. Portanto, realize um atendimento de...