pixel facebook

O que é gamificação?

O que é gamificação?

O que é gamificação?

Gamificação, ou gamification, é um termo que vem se tornando bastante usual em vários setores do mercado. Desde aplicativos até no RH das empresas. Mas, afinal, o que é gamificação?

Conceito de Gamificação

O termo gamification surgiu em 2002, popularizado pelo programador Nick Pelling, significa a utilização de técnicas de jogos para promover o engajamento do público com produtos ou serviços. Ou, como falamos acima, para o RH de uma empresa, a gamificação pode ser utilizada para aumentar o engajamento com treinamentos corporativos. Alguns estudos indicam que o termo já vem desde os anos 1970. Mas o mais importante é entender o que ele quer dizer, do que sua história.

Outro conceito de gamification é: utilizar-se de dinâmicas e mecânicas típicas de jogos para gerar engajamento de pessoas, resolver problemas e melhorar o aprendizado, motivando assim ações e comportamentos em ambientes fora do contexto de jogos. Portanto, a gamificação é a fundada na competição entre os participantes.

Ou seja, a gamificação permite transformar o relacionamento em algo lúdico, didático e competitivo. Desta forma, o público se envolve com muito mais interesse.

Gamification na Prática

Há vários níveis de gamificação possíveis. Desde um ambiente totalmente voltado à competição, ou um simples ranking. Vamos a um exemplo prático, o Foursquare.

Gamificação no Foursquare

Lembram-se do Foursquare? O aplicativo foi muito popular no início da década por criar uma competição entre os usuários pelas venues. As venues nada mais eram que estabelecimentos – tanto comerciais, educacionais, até residenciais – onde quem desse um check-in por geo-posicionamento ganhava pontos. E quem tivesse mais check-ins em uma venue se transformava em seu mayor, ou prefeito. E mais: se você seguisse algumas regras próprias do jogo, você ganharia badges, ou certificados, numa tradução bastante chata. Por exemplo, se você desse vários check-ins em restaurantes japoneses, você ganharia a badge de Bento. Nesse artigo do Techtudo são mostrados exemplos de outras badges do Foursquare. Tudo isso sempre sendo exibido a seus amigos, portanto, gerando competição e reconhecimento.

Quais os componentes da Gamificação?

De modo prático, para você ter um ambiente gamificado, você precisa ter os seguintes componentes:

  • Pontuação: todo esforço deve ser recompensado com pontos. Assim cria-se o fato-e-efeito de que cada esforço será recompensado.
  • Leaderboard ou Ranking: nada é tão importante na gamificação do que o reconhecimento do esforço. Por isso, através de leaderboards ou rankings, é possível exibir a todos os participantes quem está se dedicando mais à atividade.
  • Colaboração: muito além da competição, é importante que haja entre os participantes aprendam uns com os outros.
  • Regras claras: tanto no ambiente profissional como em ações comerciais é importante que as regras estejam claras para todos os participantes. Pois assim, todos sabem o quanto precisam se esforçar para alcançar seus objetivos.
  • Competitividade: para que a gamificação aconteça, é importante que haja competição entre os participantes. Por isso, é importante pensar em premiações reais para os esforços. O que nos leva ao nosso próximo tópico.
  • Premiação: é importante que no mundo real, haja a recompensa pelos esforços demandados. Muitas vezes, uma viagem, um curso de capacitação ou até mesmo a consideração de uma promoção podem servir de premiação.

Portanto, para nossa realidade brasileira, onde a capacitação dos profissionais é sempre vista como de responsabilidade da empresa, a gamificação é um excelente caminho para as organizações buscarem sua excelência.

Quer saber mais sobre gamificação e ações de marketing digital? Entre em contato conosco.