pixel facebook

O que é KPI? Entenda.

KPI - Key Performance Indicator

O que é KPI? Entenda.

Muito se fala sobre KPI e sua importância para um planejamento – não apenas planejamento de marketing. Porém, o que são KPI’s? Fizemos um pequeno post explicando seu conceito e como escolhê-los.

Definição de KPI

Primeiramente, vamos explicar o significado de KPI. KPI é a sigla em inglês para Key Performance Indicator, ou seja, Indicador de Performance ou Indicador-chave de Performance, em uma tradução mais literal. Cada planejamento ou cada empresa deve escolher seus KPI’s, conforme suas demandas. Portanto, não espere uma lista pronta de KPI’s. Mas sim, indícios de como escolher os melhores para sua estratégia.

Como escolher seu KPI

Depois de entendermos o conceito de KPI, agora é hora de fazer sua escolha. Muitas empresas escolhem KPI’s “de mercado”, ou seja, KPI’s que parecem ser muito usados. Contudo, o que importa são as métricas do seu negócio. Ou seja, se na sua estratégia digital o importante for medir os contatos vindos pelo seu site, esse é um KPI que você deve escolher para medir.

Como validar seu indicador de performance?

Existe uma análise chamada SMART, ou Meta SMART e igualmente SMART Criteria. A metodologia SMART consiste em avaliar suas metas por cinco critérios, que formam o acrônimo SMART. A seguir:

  • Specific – Específico
  • Mensurable – Mensurável
  • Attainable – Alcançável
  • Relevant – Relevante
  • Timely – Temporal

Vamos explicar brevemente cada item, de acordo com sua definição acima.

KPI deve ser Específico

Um KPI deve ser bem específica, a fim de evitar subjetividades e falta de foco. Por exemplo, evite utilizar um indicador de performance que seja “acessos ao site”. É melhor especificar a métrica, tal como “Acessos orgânicos ao site” ou “Acessos totais ao site”

KPI deve ser Mensurável

É provável que você já tenha ouvido algum gestor falando que “é preciso aumentar a qualidade do site”. Ou “melhorar a experiência do usuário”. De fato, a “qualidade do site” (whatever that means) é importante. Assim como a experiência do usuário. Mas é importante que se possa medir isso, para se mostrar resultado. Pela qualidade de site, podemos entender o tempo de carregamento dele, por exemplo. Uma boa ferramenta para medir isso é o Web Page Test. Pela experiência do usuário, podemos citar o tempo de permanência do usuário no site ou a profundidade de navegação. Dessa forma, é muito mais eficiente podermos falar que o tempo de carregamento do site era 10 segundos e baixou para 5 ou que o tempo de permanência do usuário era 20 segundos e aumentou para 90 segundos do que falarmos que “a qualidade do site aumentou”.

KPI deve ser Alcançável

Metas impossíveis não são metas. São apenas rabiscos em um papel. Da mesma forma, não basta que a meta seja possível. É também necessário que sejam compatíveis com a realidade e recursos disponíveis. Metas muito altas geram frustração pois nunca serão alcançadas. Mas apenas um lembrete: KPI não são as metas, é o que será medido.

Key Performance Indicator deve ser Relevante

Se o foco é aumentar os leads qualificados vindos do site, medir o número de curtidas em cada post no Instagram vai ajudar?

KPI deve ser Temporal

Um indicador de performance só funciona se ele estiver em uma linha do tempo. Do contrário, é apenas um dado perdido. É importante que haja a variável de tempo para que o indicador de performance possa ser colocado em perspectiva e analisar se há evolução ou regressão.

Alguns exemplos de indicadores de performance

Como falamos acima, não se deve copiar e colar os indicadores “de mercado”. Deve-se analisar o que é melhor para o seu negócio e seu objetivo de marketing. Porém, como nosso objetivo aqui é didático, vamos listar alguns exemplos. Pela facilidade do entendimento, vamos falar do que seriam indicadores de desempenho para um e-commerce.

  • Acessos totais ao site: todas as visitas absolutas do seu e-commerce, independente de canal. O Google Analytics é seu grande aliado aqui.
  • Taxa de conversão: o número de vendas dividido pelo número total de visitas.
  • Faturamento Total: soma de todas as vendas confirmadas em um período.
  • Ticket Médio: o total faturado, dividido pelo número de pedidos.
  • Índice de Recompra: total de compras de usuários já cadastrados, dividido pelo total de compras.

Quer saber mais sobre marketing digital? Confira alguns posts que já fizemos:

Como integrar o Marketing Digital com Vendas?
Por que contratar uma agência de Marketing Digital