pixel facebook

estratégia de marketing Tag

A pandemia de Covid-19 exige novas estratégias. Vivemos um clima de instabilidade, o que tem gerado mudanças drásticas em hábitos pertencentes a diferentes partes de nossas vidas. Dessas, as duas mais afetadas certamente são saúde e trabalho. Estratégias de marketing resiliente à Covid-19 Além dos riscos trazidos pela disseminação do vírus, a incerteza e a necessidade de isolamento social frearam a economia ao redor do mundo. Isso tornou esta fase muito delicada para as finanças da maioria das pessoas. Consequentemente, o comportamento do consumidor não é mais o mesmo que o de há seis meses atrás. Isso obriga empresas e marcas a reverem suas estratégias de marketing para a pandemia de Covid-19. Esta é a hora de planejar e tomar algumas ações. Ainda é tudo muito novo e incerto, por isso, fazer previsões definitivas agora seria equivocado. Mas, com base no que temos vivido, podemos delinear as bases de novas estratégias para empresas ou marcas que as tornem capazes de se adequar a um novo cenário e a um novo comportamento do consumidor, que ainda deve perdurar. Afinal, uma estratégia de marketing também pode ser resiliente e se adaptar às adversidades, com o intuito de tirar os melhores resultados possíveis da situação. Entender as...

Muitas pessoas recorrem ao Google questionando o que são personas. Personas são uma representação fictícia do cliente ideal de determinada empresa, baseada em dados reais sobre comportamento — que abrangem histórias pessoais, motivações, objetivos, desafios e preocupações —, assim como características demográficas dos clientes. Pode-se dizer que buyer persona é um conceito estendido de público-alvo, criado por Alan Cooper, com o intuito de otimizar, segmentar e definir o público-alvo da empresa, guiando a criação de conteúdo e o marketing digital. Definindo sua persona Uma boa construção de persona se baseia na investigação do público-alvo da empresa. Já em uma rápida análise é possível identificar aspectos comuns entre os seus potenciais compradores. Contudo, o ideal é que exista uma base de clientes. Essa base para ser usada como fonte para a investigação e construção da persona. Mesmo que existam perfis diferentes de clientes que consumiram o seu produto, algumas características comuns devem ser recorrentes e podem ser usadas para exemplificar sua persona. Também é importante focar em clientes satisfeitos e insatisfeitos na hora de analisar sua base, pois, em ambos os casos, há a chance de aprender mais sobre a percepção do seu produto ou serviço e quais os desafios que seus clientes estão enfrentando. Qual...